Fotocoagulação
Retiniana a Laser

A FOTOCOAGULAÇÃO RETINIANA A LASER é um tratamento realizado com colírio anestésico, que visa destruir com laser os vasos retinianos anômalos, mais frequentes em pacientes diabéticos e com hipertensão arterial, que podem causar hemorragias, comprometendo a visão.

A FOTOCOAGULAÇÃO A LASER também pode ser utilizada para tratar lesões diversas mais freqüentes nos altos míopes e para prevenir descolamentos ou rasgaduras retinianas.


A Fotocoagulação a Laser é utilizada para tratar diversas doenças da Retina:

Retinopatia Diabética

A Diabetes descontrolada leva à proliferação desenfreada de vasos sanguíneos anômalos na Retina, estágio da doença conhecida por Retinopatia Diabética Proliferativa. Por sua constituição anormal, são vasos finos e fracos que, ao sangrar, levam a prejuízo irreversível da visão. Nestes casos, a Fotocoagulação a laser de Argônio é capaz de realizar a ablação desses neovasos, reduzindo seu crescimento e evitando novos sangramentos.

Degeneração Macular Relacionada à Idade

Apesar de indicada com menos frequência e ser substituída pela Aplicação Intravítrea em diversos casos, a FOTOCOAGULAÇÃO A LASER também pode ser usada em situações específicas de Degeneração Macular, como no caso de pacientes que não respondem bem à terapia com drogas anti-VEGF intravítreas. Beneficiam-se os pacientes que apresentam a proliferação de vasos da coróide longe da fóvea, área central da Retina que forma imagens com a maior nitidez.

Glaucoma

O Glaucoma caracteriza-se pelo aumento da pressão intraocular a níveis que podem lesionar o nervo óptico, que conduz o estímulo luminoso captado na Retina até o cérebro. Em casos específicos de Glaucoma neovascular, a proliferação de neovasos pode ser controlada com a FOTOCOAGULAÇÃO A LASER. O uso do laser ainda pode ser usado para reduzir diretamente a pressão intraocular (procedimento conhecido como Trabeculoplastia a laser) ou reduzir o acúmulo do humor aquoso através da diminuição de sua produção e aumento da sua saída pela Ciclofotocoagulação.

Anemia Falciforme

Alguns portadores de Anemia Falciforme apresentam uma Retinopatia específica da doença, muito semelhante à Retinopatia Diabética, com proliferação de vasos sanguíneos anômalos e aumento das chances de Descolamento da Retina e Hemorragia Vítrea. Nesses pacientes, o uso da FOTOCOAGULAÇÃO A LASER DE ARGÔNIO parece ser eficaz na prevenção da perda visual e da Hemorragia Vítrea.


Como é realizado o procedimento?

  • A FOTOCOAGULAÇÃO A LASER é um procedimento de baixo risco, indolor e rápido
  • Realizado em regime ambulatorial (não requer internação).
  • Apresenta duração média de 15 minutos e não é preciso realizar nenhum preparo ou jejum.
  • Para realizar o procedimento, será realizada a dilatação da pupila. Por isso, é necessária a presença de um acompanhante pois não será possível dirigir após a FOTOCOAGULAÇÃO.
  • Ela é um processo geralmente indolor e a anestesia é feita através de gotas de colírio.

Quer saber mais sobre a FOTOCOAGULAÇÃO RETINIANA A LASER?
Clique aqui para agendar uma consulta ou ligue: (35) 3826-2657

Iniciar conversa
Fale Conosco
Olá👋, tudo bem? Entre em contato conosco🙂clicando no botão abaixo.👇
Powered by